Vr.Ironic

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Quem sou eu?


E é quase impossível responder pois teria tantas respostas diferentes e suas variantes para o que sou ou o que fui ou que desejava ser ... e o que deixei de ser... e o que desisti de ser... de não mais ser.


Talvez uma atleta frustrada, convocada
Uma professora de filme, que nunca saiu das brincadeiras de boneca
Uma administradora de sonhos e platônicos
Uma gestora de confiança, sem a confiança de ninguém
Uma excelente profissional na hora e lugar errados
Uma autônoma dependente, pois só atua bem para os outros

E se fosse um objeto?
O que seria?

Talvez um livro de ideias nunca lido
Um canivete multifuncional, quando a necessidade universal
é de um carregador de celular
Ou quem sabe a garrafa de vinho mais antiga, guardada para uma ocasião
Especial que nunca acontece!

E diante de toda incerteza do que sou ... e a certeza de que isso faz parte de um todo não só de mim... eu sou o que vivo, o que sonho, o que me inspira o que consumo... o que me consome!

Sou elogios sem oportunidade de acontecer!






Nenhum comentário:

Postar um comentário